sexta-feira, 1 de novembro de 2013

ABAIXO ASSINADO - Auxiliares na EB1 Infanta D. Maria

Está a decorrer desde hoje na EB1 nº 4 Infanta D. Maria o seguinte abaixo assinado. A APEEGIL tomou esta iniciativa, e convidamos todos os pais, mães, encarregados de educação, e amigos, a assinarem! O papel para as assinaturas está na Escola, podem ir a qualquer altura, e vai decorrer durante a semana que vem. 

É a educação dos vossos filhos que está em causa! Assinem, e passem palavra para todos assinarem!



ABAIXO ASSINADO

Para:
Delegado Regional da Direção de Serviços Região Lisboa e Vale do Tejo, Exmo. Sr. Dr. João Passarinho

CC:
Vereadora com o Pelouro da Educação da CML, Exmo. Sra. Dra. Graça Fonseca
Diretor do Agrupamento de Escolas Gil Vicente, Exmo. Sr. Dr. João Cortes
Presidente da Junta de Freguesia de S. Vicente, Exma. Sra. Dra. Natalina Tavares de Moura


                                                                                                        Lisboa, 1 de Novembro de 2013


Exmo. Sr. Dr. João Passarinho

Delegado Regional da Direção de Serviços Região Lisboa e Vale do Tejo



A  EB 1 Infanta D. Maria (antiga EB nº 4, do Agrupamento de escolas Gil Vicente) está há 9 anos em instalações provisórias, ocupando 2 pisos no prédio da Junta de Freguesia de S. Vicente de Fora. Este edifício tem 3 saídas para a rua, e o público em geral movimenta-se livremente no seu interior para ter acesso à Junta. O pátio de recreio é um local de passagem público para a antiga Junta, para a Piscina Municipal de Alfama, e para um café restaurante, e tem também por sua vez três saídas para a rua.



Até ao fim do ano letivo passado, a Escola tinha quatro auxiliares, duas de manhã e duas de tarde, o que é o indispensável para um edifício com estas características. No começo do ano letivo o Agrupamento recebeu muito menos auxiliares do que em anos anteriores, e a escola ficou só com duas auxiliares, isto numa escola com mais de 100 alunos.



Basta uma auxiliar estar de baixa ou ausente para a escola ter que fechar, porque é impensável que uma escola com dois pisos, três saídas do edifício para a rua, três saídas do pátio para a rua, tudo isto de acesso livre ao público, tenha apenas uma auxiliar presente. As outras EB1 do Agrupamento têm só uma auxiliar, mas todas têm uma única porta para o exterior. A escola sede Gil Vicente já tem muitos serviços encerrados por falta de pessoal.



A Escola Infanta D. Maria já fechou um dia por doença de uma auxiliar, e os pais e mães já foram avisados que de agora em diante isso será a “normalidade”.



Nós abaixo-assinados, pais, mães, e encarregados de educação dos alunos da EB 1 Infanta D. Maria, e cidadãos conscientes das nossas responsabilidades, não aceitamos que isso seja “normal”. Não aceitamos que os nossos filhos tenham aulas dia sim, dia não, ou quando for possível.



Sabemos que a nova EB1 do Convento do Desagravo está em construção, e que daqui a um ano ou dois todos estes problemas estarão resolvidos. Mas não podemos ficar um ano ou dois nesta situação!



Exigimos que seja reposta a situação das auxiliares da Escola de modo a garantir o direito à Educação e a segurança das nossas crianças.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.